4 MITOS sobre o Mentoring Conexão entre Mulheres

Na segunda-feira passada eu entrei ao vivo na AULA 04 da Semana Conexão entre Mulheres, e abri as inscrições para a Turma 15 do Mentoring com alguns presentes especiais (somente durante a quarentena), e só até acabarem as vagas (Quer saber mais? Aperte aqui)

E muitas pessoas levantaram algumas dúvidas e questões sobre o Mentoring, que eu queria responder aqui porque são MITOS que podem estar impedindo você de dar o próximo passo para transformar sua vida, então eu me senti no dever de respondê-las aqui.

Pergunta/Mito número 1:

Anna, todo mundo consegue trabalhar com mulheres? Não sei se eu vou conseguir!?!

Naturalmente, quando a gente se transforma, a gente muda de lugar na vida.. é como uma dança, você já notou?

É impossível que uma mulher se conecte consigo mesma, com sua força feminina, e permita-se encher-se por um trabalho forte de autocura e de capacitação profissional e isto não transborde, de alguma forma, para fora da sua vida, para o mundo, para todos ao seu redor... 

É lindo ver e testemunhar a grande mudança que mulheres como a Tânia Sobral passaram, tendo como resultado um trabalho cheio de vida e propósito, servindo outras mulheres… Leia abaixo o que ela mesma escreveu...

Dezenas de alunas encontraram formas próprias de aplicar o que elas aprenderam…

Aqui podemos claramente observar aquilo que eu disse nas aulas da Semana Conexão entre Mulheres: conhecimento/aprendizado, prática, mentoria/supervisão e repetição.

Os fundamentos desta metodologia foram construídos na ação com as mulheres! Eles funcionam porque estão conectados com o COMO fazemos além de sabermos exatamente O QUE fazemos, e para onde devemos conduzir as mulheres.

Mas será que vai funcionar para você?

Existem duas respostas possíveis para isto: algumas poderão pensar  “Ah, mas funciona pra Anna!”, e outras “Se funcionou pra ela, também funciona pra mim!”. A primeira resposta é focada no problema, a outra é focada na solução...

Depois de todos estes anos, e agora ensinando tudo isso no Mentoring e em outros espaços onde eu tive a oportunidade de dividir meu conhecimento prático, eu vi 

mudanças substanciais nas mulheres que aplicam esse conhecimento, que mudam ou ajustam suas posturas, e aumentam incrivelmente sua capacidade de se conectar e de impactar outras mulheres. 

Estas mulheres me emocionaram, me surpreenderam, foram muito além do que eu imaginava ser possível, levaram meu trabalho e minha experiência para muitas outras…

Você pode ver todas essas histórias de transformações aqui nessa página.

Porém, é claro, eu nunca vi nada funcionar para pessoas que não estejam realmente comprometidas e abertas para a própria transformação. 

Você já sabe: ninguém muda ninguém! Esta é uma porta que se abre por dentro!

Então, eu afirmo que se você estiver comprometida, se for o seu momento, esse conhecimento pode ser uma ponte em dois sentidos: de volta a você mesma, e uma ponte entre você e as mulheres.

Pergunta/Mito número 2:

Anna, eu realmente consigo cobrar por um trabalho como este?

1- Investir na sua capacitação, aprender, profissionalizar o seu trabalho e reconhecer o valor real do trabalho que você vai oferecer.

2- Ajustar/equilibrar o "dar e o receber" na sua vida. 

3 - Mudar sua postura, deixar de ser "salvadora"e aprender com clareza qual é o seu papel como profissional: para construir um trabalho humano e competente.

4- Como profissional usar um método testado, não ficar apenas "dando conselhos" e trabalhando a partir da sua intuição (que é importante e deve ser incluída). Melhorar a escuta, para escutar cada mulher com clareza.

E saber exatamente construir cada etapa do trabalho, com metas e objetivos claros sobre como e para onde conduzir as mulheres, com ferramentas eficazes que de fato ofereçam a cada uma o que elas precisam e foram buscar com você.

É assim que, ao final deste processo, minhas alunas aprendem a se colocar no mercado, a oferecer seu trabalho de forma profissional e se sentem seguras para cobrar, de forma justa e equilibrada. 

É assim que elas encontram um trabalho que é sua missão de vida e ainda lhes oferece uma renda capaz de dar sustentabilidade financeira para suas vidas.

Pergunta/Mito número 3:

Quais são os resultados PRÁTICOS do Mentoring? Não consigo entender ainda...

Carla França - Toledo/PR

Rosane Freire - Vitória da Conquista/BA

Carla Fabia - Porto Velho/RO

Silvania Mara Araújo - Itapecerica/MG

A vida delas mudou completamente, porque elas disseram "sim", porque elas se abriram, se transformaram, e aplicaram o método com as mulheres, elas são pessoas normais como você. Elas tinham dúvidas e inseguranças como você, no início do processo.

E é o que me leva ao quarto mito/pergunta:

Pergunta/Mito número 4:

Para QUEM É o Mentoring?

Mulheres que querem começar do zero.

Mulheres que já trabalham e querem expandir o seu trabalho.

Mulheres que precisam dar conta de grandes redes de mulheres.

Mulheres que possuem trabalhos com homens e mulheres.

Então me diz, quanto tempo mais você vai ficar sonhando em realizar um trabalho com mulheres?

Quanto tempo mais você vai ficar desejando profissionalizar ou ampliar o trabalho que você já faz?

Quando vai decidir que você merece olhar para si mesma, trabalhar todos os bloqueios que precisam ser curados em relação à sua identidade feminina, para se reconectar com a sua força e oferecer o melhor de si para a vida? 

Quando vai decidir se conectar com o fluxo do servir e da abundância, e criar um trabalho verdadeiramente próspero e curativo com/para mulheres, que contribui com esta rede linda de mulheres que se importam e que fazem a diferença?

Eu já disse, e você já deve ter me escutado, mas preciso muito te falar isso novamente: são muitas as mulheres que todos os dias estão me pedindo ajuda, através de todas as minhas redes sociais… e eu não dou conta de atender, escutar e cuidar de todas elas sozinha!!! 

Minha vida hoje é ensinar tudo o que sei, literalmente tudo o que sei, para que muitas, muitas outras mulheres sigam em frente, levem adiante o que tenho aprendido e a ajuda que tem sido possível através de mim…

Para você que sente este chamado! Para que você seja uma multiplicadora de espaços de fala, de escuta, de cura e transformação para mulheres, na sua profissão, na sua realidade, onde quer que você esteja.

A cada dia eu continuo aqui, espalhando aos quatro ventos esta notícia, esta oportunidade para mulheres que são ou querem se tornar profissionais para servir e ajudar outras mulheres…

A cada dia eu levanto uma "onda" no mercado, juntando mulheres que querem ajudar e mulheres que estão precisando de ajuda, pra que você aproveite esta oportunidade, pra que você seja instrumento de ajuda, pra que você se capacite e realize um lindo trabalho, que encha sua vida de propósito, e tenha como fruto beneficiar muitas mulheres.  

Este é exatamente o meu propósito de vida!

Clique no link abaixo e venha ser uma MentoriAnna, vamos transformar juntas a vida de outras mulheres!

[EU QUERO FAZER PARTE]

Espero por você, com muita alegria, na primeira aula, na área de alunas!

Seguimos juntas,

Anna Patrícia.